Santos Homenageia Imigração Japonesa

No início do século XX a população do Japão passava por sérios problemas relacionados à produção agrícola. O país estava superpovoado e a oferta de alimentos era escassa, principalmente em períodos de menor produção. Com isso, muitos camponeses começaram a procurar alternativas para uma vida melhor em outros países. E basicamente assim que surgiu a imigração japonesa no Brasil. 

Em meados de 1908, a cidade de Santos no litoral de São Paulo recebeu em seus portos milhares de famílias chegadas do Japão em navios, muitas dessas famílias tinham como destino o interior de São Paulo ou o estado do Paraná, também na região sudeste do país. Tanto que atualmente o Brasil é o pais com a maior colônia japonesa do mundo, depois do próprio Japão. 

Em homenagem ao centenário da imigração japonesa no Brasil, em 2008, a artista plástica nipo-brasileira, Tomie Ohtake projetou um monumento com 15 metros de altura e cerca de 100 toneladas que em curvas sinuosas contrapõem medidas tão gigantescas.

O monumento sem nome definido, está localizado no Emissário Submarino, importante região da cidade por conta do parque municipal Roberto Mário Santini, localizado sobre o emissário submarino, um importante equipamento de saneamento para cidade de Santos e regiões próximas.

santos.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s